Home Cidade e Cotidiano Aberta consulta pública sobre projeto da Alameda Paiaguás

Aberta consulta pública sobre projeto da Alameda Paiaguás

0
0

Espaço dos servidores concentrará serviços como lojas, restaurantes, lotérica e mercado, além de abrigar a nova sede da Escola de Governo.

Lorena Bruschi | Seges-MT 

A Secretaria de Estado de Gestão (Seges) abriu consulta pública para que empresas interessadas tenham acesso a todas as informações sobre o projeto da Alameda Paiaguás, novo Centro de Serviços do servidor, e possam opinar a respeito da concessão púbica. O aviso de consulta pública Nº 01/2017/SEGES foi publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta quinta-feira (06.07).

Documentos como o plano de negócios, o edital de concessão da área que abrigará o empreendimento, e a pesquisa de análise de demanda estarão disponíveis no site da Seges durante os próximos 40 dias para consulta, ou seja, até 21 de agosto de 2017.

Siga o Portal LeNews no Facebook

Por meio de formulário específico, disponível no endereço eletrônico www.gestao.mt.gov.br/documentosconsultapublica, as empresas poderão enviar contribuições, solicitações de esclarecimentos, sugestões e comentários. Os apontamentos devem ser enviados dentro do prazo da consulta para o e-mail cac@gestao.mt.gov.br.

“A Consulta Pública é uma ferramenta de transparência e diálogo com a sociedade que ajudará a concretizar o anseio do servidor público estadual de ter nas proximidades do Centro Político Administrativo um local de compras e serviços”, considera o secretário de Estado de Gestão, Júlio Modesto.

Alameda Paiaguás

O projeto da Alameda Paiaguás foi idealizado pelo governador Pedro Taques, ainda durante a transição de governo, em 2014. O local concentrará serviços que facilitam a vida dos servidores, como lojas, restaurantes, lotérica, agência dos correios, bancos e central de atendimento ao servidor.

O espaço abrigará também a nova sede da Escola de Governo, mais ampla, equipada, e próxima ao servidor. O empreendimento é viabilizado pela Seges, em parceria com a MT Participações e Projetos S.A. (MTPAR).

A construção será realizada por meio de concessão de direito real de uso, e tem previsão de início das obras ainda para este ano. O prazo de execução será de 12 meses.

O nome “Alameda Paiaguás” foi escolhido por 39,1% dos servidores públicos estaduais, por meio de uma enquete online realizada pela Seges.

Veja os documentos da Consulta Pública AQUI.

 

 

 

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *