Home Destaques Sinfra anuncia restauração da MT-270 entre Juscimeira e Rondonópolis

Sinfra anuncia restauração da MT-270 entre Juscimeira e Rondonópolis

Sinfra anuncia restauração da MT-270 entre Juscimeira e Rondonópolis
0
0

Secretário de Infraestrtura informou obra ao deputado delegado Claudinei durante reunião na terça-feira.

SAMANTHA DOS ANJOS FARIAS / Gabinete do deputado Delegado Claudinei

Na tarde de terça-feira (23), o secretário de Estado de Infraestrutura de Mato Grosso (Sinfra-MT), Marcelo Padeiro, se reuniu com o deputado estadual Delegado Claudinei (PSL) e o prefeito de Juscimeira (MT), Moisés dos Santos, para informar que, nos próximos dias, será liberada a ordem de serviço para a restauração de parte da MT-270. Este trecho, de aproximadamente 27 km, está localizado entre o distrito de São Lourenço de Fátima, em Juscimeira, com o entroncamento das BR-163 e BR-364, em Rondonópolis (MT).

De acordo com o parlamentar, havia um grande anseio da população por melhorias da MT-270 que é uma estrada com grande movimento de veículos. Ele aponta que recebe demandas também relacionadas a outras rodovias que estão interligadas à Rondonópolis, como as MT-040, MT-469 e MT-471. “As condições estão péssimas nestas rodovias. Quando não são os grandes buracos no asfalto, são os matos que interferem na visão dos condutores de veículos e que tampam as placas de sinalização. Isso tudo coloca em risco a integridade física de nossos motoristas”, afirma Claudinei.

“A ordem de serviço sai agora. Espero que daqui uns 45 dias tenha obra para todo lado. Estou esperando a chuva cessar”, informou o secretário de Infraestrutura.

O prefeito Moisés conta que há anos são esperadas providências quanto à situação que, praticamente, se tornou um caso de calamidade pública. “A gente já tinha procurado a Sinfra há algum tempo e a secretaria já tinha feito um compromisso com a gente para fazer os tapa- buracos”, lembra o gestor municipal.

Ele recorda que em 2008, participou da inauguração de uma pavimentação asfáltica no distrito, feita pela Sinfra e, que a antiga gestão estadual, havia anunciado a ordem de serviço para a MT-270. “Este momento, me fez reviver o que passei anos atrás. Tivemos que entrar com o decreto de calamidade pública este ano, reconhecido aqui no município e, em Brasília, pois a situação estava insustentável”, pontua.

Moisés explica que os municípios tiveram que criar a Defesa Civil municipal, cujo decreto elaborado foi apresentado para a Superintendência de Defesa Civil que está subordinada à Secretaria de Estado das Cidades e, seguiu para avaliação e foi reconhecido pela esfera federal.

Decreto  O decreto de calamidade de Juscimeira que fica a uma distância de cerca de 156 km da capital Cuiabá, fez com o que o governo do estado de Mato Grosso aplicasse essa medida de emergência não só para este município, como, também, mais cinco cidades, no dia 3 de abril de 2019. Um dos motivos são os estragos nas rodovias causados pelas intensas chuvas registradas nos últimos meses.

Anel Viário – Em relação ao anel viário de Rondonópolis, Padeiro esclareceu que no momento não é possível liberar uma ordem de serviço, ainda mais que nem a gestão municipal como a defesa civil não apontaram que as condições da via asfáltica se encontram em calamidade pública. “Hoje, a única obra que eu não tenho condições de dar ordem de serviço é o anel viário de Rondonópolis, que ainda vou licitar. Naquela rodovia, eu já teria feito um chamado de três, quatro empresas para me dar o orçamento e eu já mandava para frente. Vou ter que licitar e vai demorar uns 60 dias”, explica o secretário.

Vale ressaltar que no dia 12 de março, o deputado Claudinei apresentou indicação à Sinfra, em sessão plenária na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT), sobre a necessidade de reparo e restauração do Anel Viário Conrado Salles Brito, que liga a rodovia BR-364 às rodovias MT-270 e MT-130, em Rondonópolis.

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *