Home Artigos e Opiniões Uma Educação significativa pautada em princípios e valores

Uma Educação significativa pautada em princípios e valores

0
0

Por Denis Silva

A palavra aprendizagem de acordo com o dicionário Aurélio é o ato ou efeito de aprender, já a palavra “Educação” proveniente do latim “educare” tem o sentido de ensinar, conduzir, levar o educando para o conhecimento, preparando-o para a sociedade e para a vida. Partindo desses pressupostos, verifica-se que para educar verdadeiramente é preciso ir além, é preciso que se tenha algo substancial a oferecer e que haja preparo para tal.

Para a escritora Ellen G. White, a educação é uma extensão da mera aprendizagem secular de um ser humano, e transpõe os parâmetros curriculares para transformar e formar para a vida. “A verdadeira educação não desconhece o valor dos conhecimentos científicos ou aquisições literárias; mas acima da instrução aprecia a capacidade, acima da capacidade, a bondade, e acima das aquisições intelectuais, o caráter” (E – pág. 225).

Desta forma, a verdadeira educação passa a ser a transferência familiar de valores espirituais, éticos e morais de forma responsável e espontânea pelos primeiros educadores. De semelhante modo, espera-se, no entanto, que esse perfil educacional ganhe continuidade nos bancos escolares.

Certamente, é isso que se espera, já que a escolarização tem o seu papel através da construção de novos conhecimentos, o de garantir a aprendizagem sem desvirtuar os alicerces já construídos na educação parental.

Acredita-se que este é o motivo pelo qual a grande maioria das famílias procuram de forma efetiva uma escola de qualidade para seus filhos, qualidade esta, não apenas no aspecto da aprendizagem acadêmica, mas na postura ética cristã. Procuram uma escola que além de propiciar a autonomia, estabeleça regras e limites, que ensine o respeito para com o Criador e suas criaturas, envolvendo o tempo e espaço em que vivem.

Infelizmente, algumas famílias têm dificuldades em entender sua responsabilidade na educação dos filhos e, por diferentes motivos, acabam transferindo essa imprescindível tarefa para escola, acarretando em prejuízos emocionais e acadêmicos. No entanto, ainda assim, observamos que, mesmo não sendo a instituição escolar a responsável inicial por este papel, quando a mesma tem um ensino forte na edificação de caracteres, com a conscientização e aproximação da família, muito ainda pode ser feito.

Portanto, essa é uma parceria ampla que exige competências de ambas as partes, passos imprescindíveis para garantir a Educação que queremos, compartilhando os princípios e valores essenciais na formação integral da nova geração que sonhamos. Isso sim é vivenciar uma educação significativa, é ir muito além do ensino!

Denis Silva é diretor da escola Adventista,  formado em Educação Física e Pedagogia, pós-graduado em Gestão Escolar, Administração, Supervisão e Orientação Educacional. E-mail: diretoria.cavag@adventistas.org.br

Stephanie Romero

tags:

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *