Home Segurança Polícia Civil desarticula organização criminosa em Sapezal

Polícia Civil desarticula organização criminosa em Sapezal

0
0

A estrutura contava com uma mulher na contabilidade, sendo também identificada a conta bancária para a movimentação financeira do tráfico.

Assessoria | PJC-MT

A Polícia Civil de Sapezal (480 km a Noroeste) cumpriu mandados de prisão preventiva contra dois suspeitos de tráfico de drogas que integram uma organização criminosa que vinha praticando diversos crimes na região.

Na manhã desta segunda-feira (04.02), policiais civis deram cumprimento ao mandado de prisão de Cléber Viana de Jesus, 41 anos, e na sexta-feira (01.02) passada foi preso D.B.S., de 29 anos.

Cleber já estava preso na cadeia de Campo Novo dos Parecis, e mesmo já recolhido, ordenava de dentro da cadeia a crimes do lado de fora. O delegado titular da Delegacia de Sapezal, Valmon Pereira, disse que criminosos de fora da cadeia ficavam responsáveis por cumprir as “obrigações” do preso Cleber.

“Por conta disso, pedimos à Justiça para que ele seja transferido da cadeia da região”, declarou o delegado.

O trabalho de investigação começou depois da prisão em flagrante de Manoel Messias, realizada pela Polícia Militar na cidade, em novembro de 2018, ocasião em que foram apreendidos 5 kg de maconha.

De acordo com as investigações, sete pessoas faziam parte do grupo. A estrutura contava com uma mulher na contabilidade, sendo também identificada a conta bancária para a movimentação financeira do tráfico.

De posse dessas informações, o delegado Valmon Pereira representou pela prisão preventiva dos suspeitos, além de outras medidas para desarticulação financeira, como bloqueio de conta bancária e apreensão de valores. Os pedidos foram deferidos pelo Poder Judiciário local.

De acordo com o delegado Valmon, a operação visa pôr fim a um grupo muito bem estruturado, que praticava diversos crimes em Sapezal, não só o tráfico de drogas.

“Para se ter uma ideia, Cléber Viana foi preso em abril de 2018, após cumprimento de mandado de prisão por roubo com restrição da liberdade da vítima. Nessas ações criminosas, Viana roubava camionetes na cidade, levando-as para fora do país, onde trocava por drogas. Depois da prisão dele, não foram mais registrados mais roubos de veículos no município” destacou a autoridade policial.

Outros três mandados de prisão estão em aberto, cujos alvos não foram localizados até o momento.

Faça um comentario

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *